03 julho 2008

Dand Y Lion

As peugadas do homem branco para os índios, alastram pelos seus campos.
Os gaúchos deixam entrar a sua esperança pela janela aberta no final da tarde.

Purifica o sangue, adormece os ossos, a bílis em catarse.
Pequenos pára_quedas soprados de flores amarelas ao sol, ao vento.

Amor dos homens, taráxaco, ficarei careca? Fome e diarreia.

5 comentários:

Special K disse...

Olá ainda bem que regressaste, já tinha saudades. Já estás adicionado ao meu Google reader.
Um abraço.

Ophiuchus disse...

Agradeço a visita, mesmo! è bom receber em casa, agora renovada no tema!
Bom, vou dormir que já são horas!

Um grande, grande abraço, K!

pinguim disse...

Fome e diarreia...que pesadelo...
Abraço.

Ophiuchus disse...

Ok, ainda estou em trauma dos meses passados. Mas já está tudo bem! Abraço, seu passarão!

Paulo disse...

aqui estou perdido. fome e diarreia. nada de bom. e careca até é sexy.